Uma explicação quanto ao ciclo de crescimento capilar Saber como o ciclo de crescimento capilar funciona é algo necessário para que uma pessoa entenda o que esperar conforme seus cabelos passam por seus vários estágios. Isso também daria a pessoa uma oportunidade para que ela se prepare para qualquer queda de cabelo iminente, caso ela aconteça, e talvez deixar de lado os medos e a ansiedade inicial. Uma pessoa se sentiria menos angustiada quanto à queda de cabelo se ela a entendesse. Estar preparada para o tratamento também seria algo possível caso a pessoa achasse que ele é necessário.

Estágio Anágeno

Conhecido como a fase de crescimento, este é o primeiro estágio do ciclo de crescimento capilar, e também é o mais longo. Ele dura de três a cinco anos e geralmente ocorre em mais de oitenta e cinco por cento dos cabelos no couro cabeludo de uma pessoa. É neste momento em que as células capilares se dividem rapidamente e novos fios são desenvolvidos. É algo esperado que o cabelo cresça um pouco mais de um centímetro a cada trinta dias. Isso é ligeiramente alterado durante meses ou climas mais quentes. O cabelo tende a crescer mais rápido em ambientes quentes do que em climas frios. Os asiáticos desfrutam de um período de crescimento capilar anágeno mais longo, que pode durar por até sete anos, produzindo cabelos com um metro de comprimento como resultado disso.

Estágio Catágeno

O próximo estágio também é chamado de fase transicional. Ele dura cerca de duas a três semanas e é um estágio em que três por cento do cabelo está, a qualquer momento. O crescimento capilar diminui até que ele pare e a cobertura externa da raiz diminua. Ela se liga a raiz do folículo capilar e começa a se unir a ela para formar o fio de cabelo em formato de taco (club hair).

Estágio Telógeno

Muitas pessoas conhecem este estágio como sendo o ultimo estágio, ele também é conhecido por fase inativa. Ele geralmente dura cerca de três meses e é caracterizado pelos folículos capilares ficando inativos. O fio de cabelo em formato de taco (club hair) que começou a se formar no estágio catágeno está agora completo. Isso é caracterizado por uma substância esbranquiçada dura e redonda na ponta da haste capilar. Dez a quinze por cento dos cabelos de uma pessoa estão neste estágio, a qualquer momento. Na verdade, apenas de vinte e cinco a cem fios caem todos os dias, o que é uma taxa normal quanto a queda de cabelo referente a cabelos saudáveis.

Estágio Exógeno

Este estágio é normalmente considerado como sendo parte do estágio telógeno. Ele pode, contudo, ser classificado como um estágio em separado, e também é conhecido como fase de queda, ou fase de novos cabelos. Essa é a parte na qual os cabelos antigos na verdade caem e são simultaneamente substituídos por novos fios. Ele é também o último estágio antes da renovação do ciclo de crescimento capilar, quando ele retorna para o estágio anágeno.

Uma queda de cabelo extensiva é o que se enfrenta quando estes estágios de crescimento capilar são interrompidos. Algumas das causas que podem fazer com que isso ocorra são eventos estressantes significativos que poderiam impactar no equilíbrio hormonal de uma pessoa. Eles são geralmente eventos da vida de uma pessoa e podem surgir na forma de divórcios, do nascimento de uma criança, uma importante cirurgia, acidentes, a morte de um ente querido, depressão e a perda repentina de peso. Esta não é uma lista exclusiva de eventos, mas eles são alguns dos mais frequentes eventos que podem influenciar a mudança repentina entre o estágio anágeno e o estágio telógeno. Um ótimo exemplo disso é a condição chamada de eflúvio telógeno. O cabelo, contudo, crescerá novamente seis meses após o evento traumático, e ele retornará ao seu estado normal dentro de doze meses.

Uma explicação quanto ao ciclo de crescimento capilar