Aqui estão algumas perguntas frequentes sobre a perda capilar. Se você tiver qualquer outra perguntas, por favor não hesite em contactar-nos.

1. Por que estou perdendo cabelo?

Em relação à calvície masculina padrão, o maior motivo para a queda de cabelo é um hormônio chamado DHT (dihidrotestosterona), que danifica os folículos pilosos da parte de cima da cabeça, mas não afeta os fios da parte de trás e dos lados. Quanto a mulheres, existem várias outras possíveis causas que o seu consultor Vinci pode debater com você.

2. Como funciona um transplante capilar?

Simplificando, um transplante de cabelo remove folículos pilosos permanentes da área doadora – a parte de trás e os lados da cabeça, áreas em que o cabelo é geneticamente programado para crescer durante toda a vida. Esses fios são então colocados na área calva ou rarefeita do couro cabeludo.

3. O procedimento é dolorido?

Você não deverá sentir dor durante o procedimento. No começo do tratamento, você receberá um anestésico local que deixa as áreas doadora e receptora completamente dormentes. Você não sentirá nada durante a cirurgia.

4. Há algum risco de efeitos colaterais ou complicações como infecções?

Não. Todo o equipamento é esterilizado de acordo com os mais altos padrões médicos. Você também receberá um antibiótico para que não haja chance de infecção. Na Vinci Hair Clinic, transformamos os transplantes capilares em uma ciência para que você possa relaxar sabendo que não há risco de efeitos colaterais.

5. O cabelo crescerá naturalmente?

Sem dúvida. Nós usamos os seus próprios fios naturais e eles continuarão a crescer no mesmo ritmo que o resto do seu cabelo.

6. Os transplantes capilares têm aparência natural?

É claro! Para uma aparência totalmente natural, damos atenção especial à linha do cabelo. Inserimos apenas enxertos individuais e fios mais finos na parte da frente, e conforme nos afastamos da linha do cabelo, fios mais grossos são usados para proporcionar a máxima densidade. Os enxertos são preparados sob um microscópio e podem ser colocados muito próximos uns dos outros. Nós desenhamos a linha do cabelo de forma que tenha aparência natural não só no princípio, mas por muitos e muitos anos.

7. Vejo um crescimento pequeno pelo meu couro cabeludo depois de 3 meses, há algo errado?

É raro ver muito crescimento neste momento, geralmente isso é quando os fios de cabelo estão começando a crescer e nós nos curamos e crescemos em diferentes passos. Tenho tido o prazer de ver pessoas com ótimos resultados nesse tempo depois do transplante de cabelo tanto quanto vejo pessoas sem quase nenhum crescimento, mas isso geralmente não diz nada sobre os resultados finais.

Eu não ficaria preocupado depois de 3 meses, você deve começar a ver mais cabelo nos próximos meses e aos 6 meses, você dever ter um resultado melhor mesmo que o resultado final demore mais de uma ano para aparecer.

8. Meu couro cabeludo ainda está vermelho desde que meus cabelos foram implantados 6 semanas atrás, o que devo fazer?

Como sempre, é difícil de dar conselhos sem ver a área afetada, mas de acordo com o que escreveu, isso parece normal. O vermelhidão nesse estágio é geralmente quando os fios de cabelo se quebraram depois do transplante e o folículo que ficou abaixo da superfície começou a produzir um novo fio de cabelo que está atravessando o couro cabeludo. Isto é geralmente mais aparente em transplantes de alta densidade de cabelos, onde um grande número de enxertos são colocados numa área pequena. Às vezes isso pode levar a manchas vermelhas, não tente espremer essas manchas mesmo que elas se pareçam com espinhas, sol e calor são as melhores coisas para amolecer o couro cabeludo e facilitar esse processo que se resolverá por si só mesmo para alguns de nós que não somos sortudos em viver num clima ensolarado.

Você ainda está nos primeiros dias, em breve os fios de cabelo devem estar aparecendo e o vermelhidão deve diminuir.

9. FUE é melhor que a técnica de retirada (FUSS\FUT)?

Essa é uma questão impossível de se responder, muitas variáveis determinarão qual técnica é a melhor. Essas variáveis incluem o número de enxertos que precisam ser transplantados, o tipo de cabelo, a área doadora, expectativa, se você costuma usar seu cabelo raspado ou muito curto.

10. O cabelo transplantado vai mesmo crescer para o resto da minha vida?

Sim. Os folículos pilosos transplantados da área doadora são geneticamente programados para crescer por toda a vida. Isso não se altera quando transplantamos os fios à área calva ou rala.

11. Alguém com Tricotilomania (distúrbio de arrancar o cabelo) pode fazer um transplante capilar?

Tricotilomania ou distúrbio de arrancar o cabelo é classificado como uma doença. É um desejo muito forte de tirar o cabelo, os folículos são danificados com o arrancamento sem fim eo cabelo costuma não nascer novamente, devido ao constante puxar. Nós podemos fazer o transplante tão logo a área doadora esteja em ordem  e que a situação esteja sob controle pois paciente pode possivelmente arrancar todo o novo cabelo transplantado.

Fale com o seu médico e ele sera capaz de lhe dar mais informações.